Vera Dantas, The Wine House Hotel Quinta da Pacheca

O The Wine House Hotel Quinta da Pacheca é uma morada única em pleno coração do Douro vinhateiro, implantado numa quinta histórica de cariz tradicional. Os seus ambientes inspirados na vinha e no vinho vestem com elegância uma casa senhorial do século XVIII, totalmente renovada com respeito pela arquitectura original, primando pelo charme.The Wine House Hotel Quinta da PachecaA entrada na Quinta da Pacheca faz-se atravessando uma verdejante avenida de grandes plátanos, ladeada pelos terroirs de videiras dos vinhos premiados desta prestigiada casa. No pátio do hotel, a quinta convida ao repouso num sofá de jardim ou mesmo numa cama de rede. É também a partir daqui que os visitantes podem partir à descoberta dos vinhedos da Pacheca numa bicicleta clássica.

The Wine House Hotel Quinta da Pacheca

Wine House Hotel Quinta da Pacheca

A Quinta da Pacheca remonta a 1738. À entrada do hotel há um marco pombalino que testemunha a sua antiguidade. É de 1761 e, na altura, demarcava já os terrenos da quinta como sendo férteis para a produção de bons vinhos. É neles que, ainda hoje, nascem os vinhos da quinta.

No interior o espaço é de charme, conservando objectos originais da casa e criando um ambiente familiar. Os 15 quartos são têm todos uma decoração distinta e alusiva à região vinícola duriense e foram concebidos para um conforto irrepreensível. A complementar a calorosa recepção, os quartos esperam os visitantes com uma oferta de Tawny 10 anos.

The Wine House Hotel Quinta da Pacheca

Também o relaxamento tem um lugar especial, com uma ampla banheira pronta a receber os aromas dos complementos de casa-de-banho alusivos ao vinho.

 

 

Irresistível depois do banho foi mesmo jantar no Restaurante do hotel. Transportando para o menu uma harmonização vínica notável, este espaço de degustação complementa o requinte no sabor com o do ambiente.

The Wine House Hotel Quinta da Pacheca

A sala é dominada por um belíssimo louceiro em jatobá que veio de Vale Abraão – onde se estendem as videiras mais velhas da propriedade, mesmo em frente à Pacheca – cuja presença é tão imponente que a sala foi concebida em função dele. À noite, quando a paisagem do Douro vinhateiro se desvanece em pequenos pontos luminosos, é ele que encarna o espírito do vinho.

Todo os pratos criados pelo chef Carlos Pires sublimam os preciosos néctares da Quinta da Pacheca através de uma combinação prodigiosa com os melhores produtos durienses. A qualidade superior dos vinhos da Pacheca é altamente premiada e reconhecida: o chef com mais estrelas Michelin a nível mundial, Joel Robuchon, escolheu o vinho tinto Quinta da Pacheca Touriga Nacional 2009 para servir nos seus prestigiados restaurantes franceses. Aqui, no Wine House Restaurante, pode-se provar este e muitos mais.

Restaurante The Wine House Hotel Quinta da Pacheca

A entrada que provei, que me surpreendeu pela combinação improvável, foi sardinha marinada de citrinos e gengibre sobre uma torradinha de pão de milho e puré de pimentos assados, servida com um Pacheca Colheita Branco de 2015. Seguiu-se um lombinho do porco cozinhado a baixa temperatura sobre milhas de broa de milho, enlaçado com um tino Reserva Vinhas Velhas 2013. A sobremesa, um Duo de chocolate com sorvete de frutos do bosque, foi selada com um Late Bottled Vintage de 2009, um ano excepcional no Douro cujo aroma se prolonga nos sentidos.

Após uma noite muito repousante, o pequeno almoço, com todo o tipo de opções, tem um sabor a descoberta, pois os grandes janelões da sala abrem-se para as montanhas do Douro.

The Wine House Hotel Quinta da Pacheca

A estadia no cenário idílico da Quinta da Pacheca é complementada por uma prova de vinhos D.O.C. e do Porto e uma visita à quinta e à adega. Mas a experiência vínica pode ainda passar pela participação numa aula de culinária ou até mesmo num curso de vinhos com a enóloga da quinta, Maria Serpa Pimentel, descendente da família que adquiriu a quinta em 1903 e que replantou toda a vinha existente, mudando-lhe o rumo para se tornar no que hoje ela é.

Em época de vindimas, são ainda mais as possibilidades que esperam os visitantes. Para mim o melhor mesmo foi ter participado numa lagarada tradicional, pisando as uvas com os pés naquele que é um dos mais bonitos e luminosos lagares da região.

The Wine House Hotel Quinta da Pacheca

Adivinha-se já que, por tudo isto, o Wine House Hotel é um marco do turismo enológico. Em 2015 foi distinguido pelo Best of Wine Tourism na categoria “alojamento”. A sua implantação na Quinta da Pacheca é o segredo de uma experiência irrepetível e que atrai cada vez mais visitantes.

Solar Quinta da Pacheca

The Wine House Hotel Quinta da Pacheca

Quinta da Pacheca

Rua do Relógio do Sol, 261 | Cambres – 5100-424 Lamego, Portugal

The Wine House Hotel & Restaurant
Tel.: +351 254 331 229

Como Chegar: A melhor forma é ir de Automóvel, seguindo as indicações nos sites das Quinta.

The Wine House Hotel Quinta da Pacheca

Este artigo faz parte de uma série de três artigos que escrevi sobre as VINDIMAS NO DOURO.

Veja aqui os outros:

Viagem às vindimas no Douro

 

Nota da autora: A minha viagem ao The Wine House Hotel Quinta da Pacheca contou com o apoio da Quinta da Pacheca, da Guerin. As opiniões aqui expressas são inteiramente minhas.

Wine House Hotel - como chegar

#veradantas #portoenvolto #porto #douro #vinhodoporto #quintadapacheca #guerin #valedodouro #dourovalley #vindimasnodouro #dourowineharvest #vindimas #wineharvest #vindeporto #portwine #vinhosdodouro #dourowines #vinsdedouro